FANDOM


Calidia.jpg

Panorama de Calidia

Calidia é um pequeno país localizado no Arquipélago Calidiano e é conhecido como um país de grandes contrastes. Enquanto seu governo é monárquico e relativamente primitivo em certos aspectos da sua cultura, Calidia possui tecnologia muitas vezes mais sofisticada do que qualquer outro lugar da Terra.

HistóriaEditar

Calidia foi fundada por Cinion, filho de Zeus e Calidia. Cinion foi levando a um grande vale por seu pai e lá edificou uma grande cidade de onde ele era rei. Sendo um dos filhos preferidos de Zeus, o deus dos deuses tentou fazê-lo imortal porém as Parcas - o destino - impediram então Zeus deu a Cinion parte do seu poder. Cinion fez da cidade um próspero reino, tornando-se famoso por seu senso de justiça e compaixão. Hera, esposa de Zeus, tinha grande raiva de Calidia, por ser a amante preferida de seu marido, e de Cinion, por ser o fruto dessa traição, então um dia jogou uma praga na cidade que devastou todo ser vivente do reino. Cinion ao ver seu reino vazio pediu a Zeus que o levasse também, este sensibilizado fez cair grandes pedras do céu o mais longe possivel da Grécia formando um arquipélago e lá criou um novo reino e levou Cinion para ser o rei do mesmo. Cinion batizou o reino de Calidia em homenagem a sua mãe, morta durante a praga que devastou seu antigo reino.

Calidia rapidamente cresceu e prosperou se tronando um grande centro cultural e cientifíco sendo comparada apenas com a antiga cidade de Atlântis. Na ilha havia grandes e pequenas cidades com exóticas paisagens, clima agradável e belas florestas ao lado de extensas e férteis planícies onde os fortes animais eram dóceis. Os calidianos eram senhores de uma civilização muito avançada. Tinham palácios e templos cobertos de um metal encontrado apenas naquele local, o tirilion, que destacavam-se numa paisagem onde o campo e a cidade conviviam em harmonia. Jardins, fontes, ginásios, estádios, estradas, aquedutos e pontes eram mantidos à disposição de todos.

Por se tornar um local muito prospero e rico, Calidia se tornou alvo de ataques de outros povos que buscavam conquistar suas riquezas. Visando se defender desses ataques Tirion, rei de Calidia e descendente de Cinion, criou a Força Militar Calidiana visando se defender, e ao estudar o metal localizado na ilha e descobrir suas propriedades, como ser praticamente indestrutível, e criou armas para o FMC a base desse metal. Com as sucessivas vitorias de Calidia o reino parou de ser atacado fechando, assim, o FMC e voltou a ser um centro de estudo aberto a todo mundo.

Invasão Nazista e IsolacionismoEditar

Calidia foi invadida durante a II Guerra Mundial pelos nazistas, visando conquistar o reino e o tirilion da nação. Os calidianos foram vencedores, porém Calidia foi praticamente destruida e milhares de pessoas morreram durante a batalha. Após esse acontecimento o rei Azion Naveen I adotou um governo isolacionista fechando qualquer relação com o mundo exterior e impedindo a entrada extrangeira ao país além de criar uma força militar  . Esse governo durou cerca de três gerações até que o rei Aldiron Naveen reabriu a relação internacional de Calidia e criou uma embaixada do seu país em Nova York além de permitir que seu filho, Azion, se unisse aos Novos Guardiões indo para Westdale .

GeografiaEditar

Arquipélago Calidiano.jpg

Arquipélago Calidiano

Calidia localiza-se na maior ilha do Arquipelágo Calidiano, composto por cinco ilhas e dezenove ilhotas formadas por uma chuva de meteóros que desencadeou uma serie de erupções vulcânicas no local onde hoje se encontra o arquipelágo. Calidia possui clima e vegetação tropical além de varias motanhas, sendo a principal e maior o Monte Tirion, onde estão localizado as minas de tirilion.

Sociedade CalidianaEditar

Até há relativamente pouco tempo, os calidianos viviam como seus ancestrais, sendo principalmente uma sociedade de caçadores-coletores. Centro de estudos filosoficos e mitos Calidia era um local aberto a todos e seus habitantes eram hospitaleiros e gentis. Tudo mudou quando o país foi atacado durante a II Guerra Mundial. O nazistas tentaram tomar à força o tirilion, mas ele foi impedido por Azion Naveen I, rei de Calidia, logo após a rainha ser morta por nazistas junto com muitos calidianos, adotando uma politica Isolacionista. Percebendo a grande riqueza dos depósitos de tirilion, os calidianos rapidamente se tornaram um dos países mais ricos do mundo exportando pequenas quantidades de tirilion. Os calidianos tiveram o cuidado de deixar ninguém de fora saber o local exato do depósito de tirilion por medo de roubo e instalaram o mais avançado sistema de defesa conhecido no arquipélago. Aldiron Naveen, educado nas melhores universidades do exterior, como na Universidade de Westdale, por exemplo, onde conheceu os antigos Guardiões, criou avançados centros de estudos cientifícos e tecnológicos no país. Com seu novo conhecimento sobre tecnólogia os calidianos modernizaram seu reino e transformaram os depósitos de tirilion em sua maior riqueza. Entretanto a econômia de Calidia permaneceu baseada estritamente na exportação de seus recursos naturais. Toda produção feita com o tirilion foi utilizado estritamente para o consumo doméstico.

GovernoEditar

O governo de Calidia é totalmente monárquico. A Família Real Naveen governa o país desde a sua fundação, sendo descendentes diretos de Cinion. Os filhos de Cinion adotaram o sobrenome Naveen, que significa "filho do trovão" em calidiano, devido, Cinion ter recebido parte do poder de Zeus, sendo assim capaz de gerar cargas elétricas de seu corpo. O atual líder de Calidia é Aldiron Naveen e o principal herdeiro ao trono é o seu filho Azion Naveen II.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória